Uma alimentação saudável já!

posted in: Corpo | 0

É certo e sabido que adoptar uma alimentação saudável, variada e equilibrada (em conjugação com a prática de exercício físico regular) permite manter a forma e ter um corpo saudável e mais resistente ao aparecimento de determinadas doenças. É por esse motivo que decidimos trazer para o artigo de hoje tudo o que precisas de saber sobre os diversos grupos de alimentos para te ajudar a perceber quais os mais saudáveis e quais as quantidades mais indicadas de modo a manter uma alimentação saudável e equilibrada. Um artigo para ler, tomar nota e partilhar.

Os frutos e legumes

Esta é daquelas categorias de alimentos que podemos dizer que podem (e devem) ser consumidos todos os dias. Tanto os frutos, como as verduras e outro tipo de leguminosas fornecem ao nosso corpo fibras, vitaminas e minerais. Alguns deles até são mais ricos em nutrientes.

Uma alimentação saudável passa por ingerir muitos legumes
Uma alimentação saudável passa por ingerir muitos legumes

Por exemplo, os frutos e legumes mais ricos em Vitamina C são o cassis, os frutos vermelhos, o Kiwi, os pimentos e a salsa. Por sua vez, o cálcio indispensável para os ossos está presente na grande maioria das couves e agriões. Os legumes são particularmente pobres em calorias e preenchem o nosso estômago e é por isso mesmo que são perfeitos para nos ajudar a perder peso.

Nos frutos, o teor de açucar é um bocadinho mais elevado. É por esse motivo que devemos ser mais prudentes com a ingestão de frutos como a banana, o abacate ou a manga que são mais ricos em calorias, sem esquecer também os frutos secos (amendoins, nozes, amêndoas, avelãs…).

Carnes, peixes e ovos

São os alimentos que nos fornecem as proteínas indispensáveis na nossa alimentação, mas que devem ser consumidos com moderação. Para quem quer perder peso, as carnes brancas (frango, peru) são as mais aconselhadas, visto que têm menos gordura que as carnes vermelhas (carne de vaca, de porco). Se optares pelas carnes vermelhas, então deves comer carne de zonas que tenham o menor teor de gordura possível.



Os peixes são geralmente menos ricos que a carne. No entanto, também podes encontrar peixes mais “gordos”, ou seja mais calóricos. São eles o salmão, sardinha, arenque e a cavala. Estes peixes dão ao nosso organismo as matérias gordas essenciais como o Ómega 3.

Mantém uma alimentação equilibrada conjugada com exercício físico
Mantém uma alimentação equilibrada conjugada com exercício físico

Cereais e leguminosas

Dentro desta categoria estão inseridos o pão, os cereais (arroz, farinha, aveia, centeio), as leguminosas (feijão, favas, grão de bico, feijão seco…). Estes alimentos são ricos em hidratos de carbono, dão-nos mais energia, mantêm-nos saciados mais tempo, evitando assim que andemos a petiscar entre refeições. Mas atenção, a sua ingestão deve ser muito cuidada, visto que são altamente calóricos.

Os produtos lácteos

São ricos em cálcio e contêm, na sua maioria, Vitamina D, essencial para o desenvolvimento e fortificação da estrutura óssea. Por exemplo, os queijos mais “duros”, como o Emmental, são os mais ricos em cálcio, mas também são os que têm mais matérias gordas.

As matérias gordas

O peixe e azeite são ricos em ácidos gordos essenciais, como o Ómega 3 e 6
O peixe e azeite são ricos em ácidos gordos essenciais, como o Ómega 3 e 6

Um consumo exagerado de matérias gordas vai fazer com que o nosso corpo ganhe mais peso e gorduras indesejadas, mas algumas destas matérias são verdadeiramente indispensáveis para o nosso organismo. Dentro do possível privilegia o azeite e óleo, em vez das manteigas, que vão dar ao teu organismo Ómega 3 e 6.

Leave a Reply